22 de setembro de 2013

Domingo.

por ..bee.. às 15:02
E quando bate aquela melancolia de domingo de manhã?
Nada em especial, um dia bonito lá fora, calor. O cheiro de cigarro e o corpo ainda meio bêbado da noite anterior. O namorado deitado do lado e a lembrança da discussão antes de dormir. A confusão. A sensação de não se estar fazendo as coisas certas. Aquela boa e velha vontade de fugir.

As palavras dele ecoando, batendo na cabeça como um martelo. Remoendo. Pensando no que devia ter dito. Pensando se foi melhor não ter falado. Pensando se ele tem razão. Se sentindo confusa. Um bolero tocando no bar, embaixo do apartamento. Ela se sente em uma cena de filme - o que vem bem a calhar, já que essa semana falaram que ela parece a personagem principal de comédia romântica.
"Então talvez esse deva ser o momento do drama.", pensou. "Tá bom, e o que vem a seguir? Alguém pode me dar o roteiro?", implorou olhando para o alto como se O grande roteirista fosse responder. Em vão. O namorado acordara e a viu naquela situação, sentada no chão da varanda, de pijamas, com um cigarro não aceso na boca. Procurou um sinal de que a discussão na noite anterior tinha acabado ali. Em vão. Encontrou no namorado o silêncio. Aquele silêncio temido de quem ainda está bravo. Quis chorar. Se sentiu uma criança implorando por carinho, atenção, amor e quem sabe até um pouco de compreensão.

Ela nunca se viu como exemplo e agora ela é, quer ela queira, quer não. O namorado disse isso na noite anterior. Percebeu então a dimensão daquilo tudo e sentiu magoada por ele não enxergar o tamanho do amor que também há nela por aquela "criança".

A boa e velha melancolia de domingo. Aquele vazio de novo. Aquela sensação de acordar em uma vida que não é sua, assim, de repente. A vontade de ir ver o mar para tentar se entender. De repente, sua comédia romântica se transformou em um drama. Ela gosta de drama.
"Dramas também podem ser bons filmes", pensou. "Mas não necessariamente eles têm final feliz." e se assustou ao chegar a esta conclusão.




1 gritos de felicidade:

Dama de Cinzas on quinta-feira, 26 setembro, 2013 disse...

Sensação de acordar numa vida que não é sua. Tenho tido muito isso...

Beijocas

 

beah.volgari Copyright © 2012 Design by Giulia Azevedo Vintage Mustache