11 de agosto de 2011

o melhor de mim fica guardado

por ..bee.. às 17:07
Sabe aquele parte vulnerável e insegura, mas que de alguma maneira todo mundo adora, de si mesma? Aquela mais menininha, mais princesinha, mais delicadinha, mais.. inha, mesmo! Às vezes eu acho que é a melhor parte de mim. É a parte de mim que não cansa de sonhar com príncipes encantados, com amores eternos, com o comercial de margarina. É o lado que ainda tem esperança e que não foi absorvido pela vida louca ou pelo cinismo.

Sim, meus caros, o melhor de mim fica guardado: não é qualquer malandro que tem a oportunidade de conhecê-lo. Justamente por ser o meu lado mais vulnerável e sensível. Me acostumei desde cedo a ser forte, a ser o porto seguro da minha mãe, do meu namorado e das minhas amigas. Eu gosto disso: de lidar com crises. De ser a calma e serena quando todo mundo está desmoronando... Mas às vezes eu desmorono também. E quando eu desmorono, me montar de volta é bem difícil. Então eu evito expor a minha sensibilidade e a minha delicadeza, mesmo sendo assim, bem bonequinha. Eu abro espaço para o cinismo. Eu mostro o meu pior lado para as pessoas, que talvez não seja tão o pior assim, apenas um mais duro, mais... áspero. Aquela camada superior, sabe? O exoesqueleto.

Mas eu também não sou nenhuma Mulher Maravilha. Tem pessoas que aparecem na nossa vida e nos fazem baixar a guarda muito fácil, simples assim. E lá estava eu, com o meu maior tesouro exposto. Meu melhor lado, aquele que eu não mostro pra quase ninguém, de portas abertas para ele, assim, num piscar de olhos. E foi sem perceber, sem querer, numa madrugada de quarta-feira. Algumas pessoas tem a capacidade de passar confiança; ele é um deles. Eu mostrei um pedacinho e ele gostou, me mostrou um pedacinho do melhor lado dele também e eu me encantei. Mas ele não conhece o meu pior, o meu lado duro, severo, calejado da vida.

O meu melhor veio à tona quando eu menos esperava e eu tenho certeza que foi por ter encontrado alguém com quem compartilhar isso. Alguém com quem sossegar como há tempos eu não queria sossegar com ninguém. Alguém para estar comigo e só comigo, mas mais ainda: alguém com quem EU estaria com ele e SÓ com ele. E eu estou feliz com isso mesmo sendo um relacionamento só de amizade (o que não significa que por mim não seria mais.. mas isso é história para outro post). É alguém que constantemente acrescenta na minha vida, mesmo nos conhecendo a pouco tempo. É alguém por quem vale à pena me esforçar para ter o respeito e admiração, e não me contentar apenas com o meu pior lado. Alguém que conseguiu fazer uma rachadura no meu exoesqueleto. E fazia muito tempo que alguém não me inspirava tanto assim.


2 gritos de felicidade:

Dama de Cinzas on sexta-feira, 12 agosto, 2011 disse...

Como te entendo, tem acontecido algo parecido comigo. Vou até fazer um post sobre isso.

A gente quer ser durona, mas tem horas que chega um cara e joga tudo isso por terra... rs

Beijocas

Ivan on segunda-feira, 29 agosto, 2011 disse...

Ninguém é de ferro rsrs... estamos todos perdoados!
Abraço

 

beah.volgari Copyright © 2012 Design by Giulia Azevedo Vintage Mustache